CFBio - Conselho Federal de Biologia | (61) 3328-2404
ÁREAS DE ATUAÇÃOSaúdePORTAL DOS BIÓLOGOSPORTAL DA SAÚDESelo CFBio de Qualidade de Cursos de Ciências BiológicasNormativas de Interesse dos BiólogosPerguntas Frequentes Universidades Públicas Links Úteis Sindicatos e Associações de BiólogosLAI

REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Google Plus
Youtube Linkedin Instagram

TEMPO HOJE

BUSCA DE CEP

 

Correios

Bióloga brasileira ganha prêmio internacional de conservação

Publicado em: 27/02/2019


Uma iniciativa que busca diminuir o número de animais atropelados nas rodovias, ferrovias e aeroportos brasileiros foi uma das vencedoras do Prêmio Future For Nature 2019. A escolha do trabalho representado pela bióloga brasileira Fernanda Abra - ao lado dos também premiados projetos de Olivier Nsengimana (Ruanda) e Divya Karnad (Índia) - foi feita por um júri internacional de especialistas. Estavam concorrendo 125 trabalhos do mundo todo.

A cerimônia de entrega do prêmio será no próximo dia 3 de maio no Royal Burgers 'Zoo, em Arnhem, na Holanda. Cada um ainda receberá uma quantia em dinheiro.

"Eu me sinto muito feliz em trabalhar pela conservação de espécies incríveis, como a anta, tamanduá-bandeira, lobo-guará, onça-pintada e outros canídeos e felídeos brasileiros e ser orientada e apoiada por pesquisadores e conservacionistas tão respeitados", afirmou a Bióloga. 

Através da empresa ViaFauna, Fernanda Abra e seus parceiros reduzem com sucesso os acidentes de trânsito entre animais e veículos no Brasil. Lobos-guará, pumas e jaguatiricas são apenas algumas das muitas espécies que são salvas pelas medidas preventivas de proteção, coleta e análise de dados implantadas. Ainda há no pacote de ações treinamento especial para motoristas e oficiais de trânsito.

Com 32 anos, Fernanda é aluna de doutorado do programa de pós-graduação de Ecologia Aplicada da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz “(Esalq/USP). Seus orientadores são a professora doutora Kátia Ferraz (Esalq / USP) e o doutor Marcel Huijser, pesquisador sênior da Western Transportation Institute, da Montana State University.

A bióloga se interessa pela área de Ecologia de Estradas desde 2009. Reduzir os impactos das rodovias e do tráfego nas espécies de mamíferos no Brasil é seu principal objetivo.

Cofundadora da empresa ViaFauna, que presta consultoria ambiental especializada no manejo da fauna silvestre em rodovias, ferrovias e aeroportos, ela gerencia a empresa com sua amiga, e também cofundadora, doutora Paula Prist.

Na fase final do doutorado, Fernanda pesquisa as colisões de animais em rodovias no estado de São Paulo e suas implicações para a conservação biológica, a segurança humana e a economia.

"Estou muito emocionada e honrada em receber o Prêmio Future For Nature. Isso ajudará a aumentar meus esforços para fazer a diferença na proteção da incrível biodiversidade brasileira", concluiu Fernanda Abra. 

De acordo com a professora Katia Ferraz, o impacto da pesquisa já é muito positivo na conservação das espécies no Brasil. “Ela está gerando novo conhecimento sobre o número de mamíferos mortos nas rodovias, entendendo os padrões espaciais e temporais e desenvolvendo ferramentas para reduzir o enorme impacto das rodovias e do tráfego na biodiversidade brasileira", diz.

"A combinação do seu trabalho sério e sua determinação resultará na redução da mortalidade não natural dos mamíferos e na redução da fragmentação do habitat causada pela infraestrutura de transporte”, completa professora.

Além de seu trabalho acadêmico de pesquisa e consultoria, a bióloga também é voluntária como especialista em Ecologia de Estradas em alguns projetos de conservação, como a Iniciativa de Conservação da Anta Brasileira e o projeto Bandeiras e Rodovias.

Trabalhos

Já entre os outros vencedores, Divya Karnad reduz com sucesso as indesejáveis capturas de tubarões ameaçados ao longo da costa de Coromandel, na Índia, e Olivier Nsengimana protege as aves em Ruanda, combatendo o comércio ilegal, facilitando os programas de reintrodução e envolvendo a população local. O Future For Nature Awards será apresentado no Burgers'Zoo pelo 12º ano consecutivo.

Fernanda também é responsável pela coordenação dos grupos de trabalhos ligados ao impacto de transportes nos Planos de Ação Nacionais dos canídeos, felinos e ungulados ameaçados de extinção.

Fonte: G1 / Por Fábio Gallacci, Terra da Gente




Voltar Imprimir este artigo